Conheça 6 linhas de financiamento para energia solar

O Brasil está cada vez mais consciente de seu potencial energético da energia solar como fonte renovável. No entanto, muitas vezes o valor ainda é um entrave na hora de adotar a fonte alternativa.

Por isso vamos te apresentar hoje seis linhas de financiamento de energia solar, ou sistemas fotovoltaicos, que podem ser o empurrão que faltava para pessoas físicas e jurídicas aderirem a essa nova fonte de energia econômica e sustentável.

1- CAIXA ECONÔMICA

A Caixa Econômica Federal passou a aceitar projetos de financiamento para geração de energia solar em sua linha de crédito Construcard, destinada para a compra de material de construção. Com uma taxa de juros em torno de 2,5% ao mês, o projeto pode ser parcelado em até 240 vezes.

A modalidade está disponível para pessoas físicas e jurídicas. No site do banco você pode fazer uma simulação dos juros e prazos do empréstimo.

financiamento de energia solar

2- SANTANDER

Através do Santander Financiamentos, o banco disponibiliza crédito para a instalação de sistemas fotovoltaicos com um parcelamento de até 48 vezes. Disponível para pessoas física e jurídica, a taxa de juros varia de acordo com os valores, prazos e demais condições escolhidas pelo beneficiado.

3- BNDES

Voltado para grandes projetos, a linha de financiamento de energia solar do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) disponibiliza até 80% do custo da obra com uma taxa de juros de 7,5% ao ano.

O investidor é obrigado a ter uma participação mínima de 20% nos custos com possibilidade de emissão de debêntures (título de crédito representativo de empréstimo que uma companhia faz junto a terceiros), das quais o BNDES se compromete a adquirir até 50%.

4- BANCO DO NORDESTE

O Banco do Nordeste abriu uma linha de financiamento específica para projetos de micro e minigeração de energia solar utilizando placas fotovoltaicas. O FNE Sol está disponível para empresas, produtores rurais, cooperativas e associações dos estados nordestinos, além do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. O simulador de financiamento está disponível no site do banco.

Com um prazo de pagamento de até 120 meses, o FNE Sol financia até 100% do custo da obra.

5- DESENVOLVE SP

Com o intuito de reduzir 20% das emissões de CO2 de São Paulo até 2020, o governo estadual criou a Linha de Financiamento Economia Verde, que inclui o financiamento de sistemas de energia solar, como o fotovoltaico.

Voltado para pequenas e médias empresas da região, o pagamento pode ser parcelado em até 120 vezes com uma taxa de juros de 0,53% ao mês.

6- PRONAF

Por último, há a linha de financiamento governamental “Mais Alimentos”, do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Com foco em pequenos agricultores, a linha de crédito inclui itens financiáveis para sistemas fotovoltaicos de até R$ 165 mil. Com uma taxa anual entre 2,5% a 5,5%, o agricultor só começa a pagar após 36 meses da aquisição do crédito.

RETORNO CERTO NO LONGO PRAZO

Como os equipamentos exigem pouca manutenção, duram em torno de 25 anos, garantem uma economia de até 90% da conta de luz e até geração de créditos pela produção excedente, o financiamento de energia solar pode ser uma excelente solução.

Conheça alguns projetos de instalação de sistemas fotovoltaicos para empresas já executados pela Enel X.


Quer assinar o Blog?

Seu formulário foi enviado com sucesso!!!
Conheça a Enel X

Descubra a Enel X e mude a forma de se relacionar com a energia. Conheça nossos produtos e serviços inovadores, capazes de tornar seu dia a dia mais eficiente e simples. Unimos forças e parcerias para integrar as melhores soluções. O poder agora está em suas mãos!


Saiba mais