Eficiência energética: consultoria reduz até 40% do custo de energia

Empresas que querem alcançar um nível elevado de competitividade no mercado buscam por novos caminhos e formas inteligentes de reduzir o desperdício de energia, que atualmente requer atenção redobrada pelo alto custo da energia devido à escassez dos recursos hídricos e ao aumento do consumo no país. A solução encontrada por muitas delas é a eficiência energética.

Como a eficiência energética pode aumentar a produtividade e garantir a sustentabilidade ambiental.
Como a eficiência energética pode aumentar a produtividade e garantir a sustentabilidade ambiental.

No post da série Palavra do Especialista, Henrique Gobbi, Engenheiro Elétrico que atua na área de Eficiência Energética da Enel X, explica que um projeto de eficiência energética tem como objetivo principal a redução do uso de energia seja através de uma simples troca de lâmpadas, pela substituição de equipamentos de climatização, refrigeração e motores mais adequados; da instalação de equipamentos de automação que possam equilibrar o consumo, como sensores de presença e temporizadores; ou com soluções mais complexas, como sistemas de recuperação e cogeração de energia, controles automatizados e inversores de frequência.

Apesar disso, a maioria das empresas adota planejamentos complexos, de forma isolada, o que dificulta a implantação no controle de redução no consumo de energia. Uma das formas mais inteligentes para buscar os resultados é a escolha por um programa centralizado de consultoria, através do qual o projeto de eficiência energética poderá alcançar índices significativos já no curto prazo.

Com a escolha de um programa de gestão energética para aumentar a eficiência e a produtividade da empresa, é preciso uma análise rigorosa de todos os pontos de consumo. Mesmo nas pequenas atualizações tecnológicas, como a troca de lâmpadas, já é possível verificar uma economia significativa. Em grande escala e no longo prazo, devido a maior durabilidade, esta pequena mudança pode gerar uma grande economia.

Veja no post com o case da Aeris, fabricante de pás para turbinas eólicas, como o gasto energético da empresa foi reduzido em 68% após a execução de um projeto de eficiência energética realizado pela Enel X.

Além da economia, melhoria nas condições de trabalho e produtividade

A avaliação da iluminação dentro do projeto deve seguir normas específicas para cada área, pois precisa apresentar o cálculo correto para iluminâncias de ambientes. Quem deve orientar este conceito fundamental é um profissional técnico especializado. Existem programas, por exemplo, para avaliar as luminárias utilizadas no projeto e indicar com precisão o produto ideal para cada ambiente, assim como a quantidade necessária de pontos de luz.

Há vários fatores que influenciam no projeto luminotécnico buscando eficiência energética de acordo com padrões normativos: a forma das luminárias, a temperatura de cor da luz, a cor da tinta utilizada na pintura das paredes dos ambientes e muitos outros detalhes. Todos devem ser acompanhados para garantir níveis elevados de economia e proporcionar o equilíbrio adequado para o conforto visual dos usuários.

Quando o projeto alcança o ponto de substituição de equipamentos de climatização, seja em clientes de pequeno, médio ou grande porte, é que percebemos como é delicada a problemática do controle dos recursos energéticos. O sistema de ar condicionado, por exemplo, é o grande vilão do gasto de energia: do total da conta, 50% a 70% é de responsabilidade da climatização do ambiente.

Por isso é importante verificar se todas as instalações estão adequadas ao projeto e remediar qualquer ponto de ineficiência, como o dimensionamento das mesmas – se há sub ou superdimensionamento – assim como o seu ciclo de vida. O acompanhamento dos equipamentos e a sua manutenção periódica são importantes para prever possíveis desvios operacionais que possam alterar o desempenho no consumo de energia.

Eficiência energética: alto impacto na sustentabilidade ambiental

Além do impacto no financeiro das empresas, um projeto empresarial de eficiência energética tem um papel fundamental na manutenção do equilíbrio do ecossistema. Ao mesmo tempo em que as empresas garantem competitividade com a redução dos gastos em energia e aumentam a produtividade, há menor demanda do sistema de fornecimento de recursos naturais. Desta forma, menor é a necessidade de ativação das termoelétricas: os ganhos são positivos tanto para as empresas, como para a sociedade.

Outro ponto em prol do meio ambiente é a redução dos custos de manutenção e do seu impacto no sistema ambiental. Materiais como lâmpadas fluorescentes e de vapores, altamente poluentes, precisam de descarte adequado que muitas vezes não são realizados. A troca de óleo constante nos motores antigos e o risco de vazamento são condições que não ocorrem nos novos equipamentos, mais modernos e adequados às condições atuais. Os condicionadores de ar atuais não utilizam os gases poluentes que no passado degradavam a camada de ozônio. A substituição de equipamentos obsoletos e o descarte correto de materiais altamente poluentes contribuem para um menor índice de poluição da atmosfera.


Quer assinar o Blog?

Seu formulário foi enviado com sucesso!!!
Conheça a Enel X

Descubra a Enel X e mude a forma de se relacionar com a energia. Conheça nossos produtos e serviços inovadores, capazes de tornar seu dia a dia mais eficiente e simples. Unimos forças e parcerias para integrar as melhores soluções. O poder agora está em suas mãos!


Saiba mais